governo sao paulo
  • portugues
  • espanhol
  • ingles
  • diminuir texto
  • aumentar texto

Memória e transmissão dos saberes tradicionais Kaingang

A relação entre museus e povos indígenas é de extrema importância e frequentemente aparece na pauta das discussões museológicas atuais. O Museu Índia Vanuíre sempre manteve uma relação muito próxima com os indígenas, especialmente os do oeste paulista. A partir dessas relações, são desenvolvidas ações voltadas ao diálogo e participações dos indígenas nas práticas museológicas.

         Uma ação recente envolveu indígenas Kaingang da Terra Indígena Vanuíre. Eles tiveram contato com acervos Kaingang que estão sob a guarda do Museu, especificamente as cerâmicas confeccionadas pela indígena Candire, ceramista reconhecida do povo Kaingang da Terra Indígena Vanuíre.

         A ação foi realizada pela equipe da Reserva Técnica e do Centro de Referência Kaingang e dos Povos Indígenas do Oeste Paulista. No período da manhã foram apresentadas as práticas de documentação, conservação e pesquisa que são desenvolvidas com base neste tipo de acervo. Após o primeiro contato, os Kaingang visitaram a Reserva Técnica para saberem como é a armazenagem dos acervos. Tendo por base as atividades que foram citadas, foi desenvolvida na tarde do mesmo dia uma oficina em que os indígenas mais velhos e possuidores dos saberes e fazeres tradicionais transmitiram às crianças saberes materiais e imateriais que envolvem a simbologia da cerâmica Kaingang.

       Desta forma, as crianças, além de aprenderem sobre as práticas que envolvem um acervo no próprio espaço museológico, tiveram contato direto com sua cultura por meio da confecção da cerâmica, que foram levadas para casa e se tornaram acervo do Museu Wowkriwig (museu indígena do povo Kaingang da Terra Indígena Vanuíre).

         O Museu Índia Vanuíre vem, cada vez mais, atuando diretamente com os indígenas, atendendo suas reivindicações para maior apropriação de conhecimentos museológicos. Sendo assim, essa ação permite uma melhor integração e consolidação de relacionamento entre a comunidade Kaingang da Terra Indígena Vanuíre e os processos que envolvem um museu.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*