• portugues
  • espanhol
  • ingles
  • diminuir texto
  • aumentar texto

Programação Agosto

Exposição: Ató Jagí Burum Krenak – Tecendo Saberes do Povo Krenak

Exposição autonarrativa Krenak busca mostrar a presença desse povo no Estado de São Paulo. Os Krenak da T.I. Vanuíre desenvolvem, há mais de duas décadas, um trabalho de revitalização da cultura, costumes e língua materna. Esse projeto ocorre de forma construtiva e a cada ano se fortalece e vence as barreiras que os mais velhos da etnia foram obrigados a vivenciar no passado, como o anonimato, opressão da cultura e toda sua riqueza de conhecimento e saber.

Saberes e Fazeres Indígenas

A programação Saberes e Fazeres Indígenas são uma resposta ao esforço empreendido por comunidades indígenas de todo o país no que diz respeito à preservação e transmissão de sua memória. No mês de agosto, o convidado é uma Kaingang da T.I. Vanuíre. Ele estará disponível para um dia de diálogo com os visitantes sobre como vivem os índios Kaingang na T.I. Vanuíre.

Família no Museu

Aos sábados e domingos, o Museu Histórico e Pedagógico Índia Vanuíre realizará oficinas culturais para as famílias. A programação desenvolverá atividades lúdicas e reflexivas com os participantes, como forma de uma integrar o público com o Museu. A família que visitar o Museu poderá participar de uma ação relacionada à comemoração de 22 de agosto, Dia do Folclore Brasileiro, com a confecção de um chaveiro, representa por uma mula sem cabeça.

Museu e Cidadania

O Museu recebe o público deficiente para explorar os conteúdos do acervo e das exposições temporárias de forma acessível e lúdica. A ação tem como objetivo a inclusão sociocultural. Em consonância à data comemorativa de 22 de agosto, Dia do Folclore Brasileiro, este mês realizaremos atividades lúdicas em formato de contação de história, lendas e mitos folclóricos. Posteriormente, será acontecerá a confecção de um fantoche de Saci-Pererê.

Aguçando as Memórias

O Museu Índia Vanuíre deseja que o projeto Aguçando as Memórias continue contribuindo com a inclusão social e cultural do idoso, sendo esse capaz de alcançar sua capacidade, potencialidade e saberes, revivendo bons momentos de suas vidas e, assim, enxergar a vida de uma maneira tolerante e positiva, com autoestima por meio das memórias e de uma busca afetiva das lembranças. Neste encontro, será desenvolvida uma mímica com os objetos presentes nas exposições de longa duração e temporária do Museu. Por meio de gestos, o grupo expressará os sentimentos e pensamentos sem fazer o uso das palavras, estimulando dessa forma, a imaginação, a coordenação motora, a criatividade e a memória.

O Olhar é o Sentir pelas Mãos

O projeto “O olhar é o sentir pelas mãos” é uma ação conjunta sociocultural junto ao Programa Vida Iluminada – UNIMED que tem a intenção de promover a inclusão dos deficientes visuais para que eles se tornem frequentadores do Museu Histórico e Pedagógico Índia Vanuíre, além de promover a convivência da equipe do Museu com o público cego. A ideia é despertar nos envolvidos momentos de aprendizado e reflexões para a vida no cotidiano. Em agosto, o encontro será realizado com um bate-papo com uma imigrante leta, apresentando aos participantes um pouco da cultura. Posteriormente, ocorrerá uma oficina de culinária letã sobre uma bolacha típica para que os participantes possam conhecer e degustar o alimento, instigando e aguçando o paladar. Por se tratar de ser um projeto flexível, a atividade poderá ser retirada ou alterada quando houver necessidade.

Cultura e Questões Indígenas em Foco

Para que novas gerações reconheçam a contribuição dos diversos grupos para a formação do país será exibido um documentário no auditório da instituição, seguido por uma roda de conversa com os participantes.  O vídeo escolhido para apresentação é o episódio “Primeiros Contatos”, da série “Índios no Brasil”. No documentário, trechos do filme “Sertão, Entre os Índios do Brasil Central”, de Genil Vasconcelos, mostram o primeiro contato de índios Xavantes, da região Centro-Oeste, com não índios, na década de 50. O episódio traz ainda cenas do filme “Guerra de Pacificação na Amazônia”, de Yves Billion, e aborda os impactos sofridos pelos índios do noroeste do Brasil pelo contato com as frentes de expansão, na década de 70.

VIII Semana Tupã em Comemoração ao

Dia Internacional dos Povos Indígenas

De 13 a 16/08/2019

A Semana Tupã, em Comemoração ao Dia Internacional dos Povos Indígenas, foi criada em 2012, quando foi rememorado os 100 anos da “pacificação” Kaingang no oeste de São Paulo. A ação trouxe à tona discussões atuais sobre o processo de colonização e o que isto acarretou para a comunidade regional. O objetivo é aproveitar o Dia Internacional dos Povos Indígenas, em 9 de agosto, para ampliar reflexões sobre as questões indígenas da atualidade. A Semana Tupã é uma oportunidade de conhecimento, desfazendo estruturas que consolidam ideias errôneas e limitadas sobre os índios no Brasil. Em 2019, temos a oitava edição, que traz oficinas, vídeos e documentários, seguidos por roda de conversa sobre aspectos que norteiam diversas culturas indígenas em nosso país.

Oficinas

Oficina de artesanato ministrada por um Kaingang da T.I. Vanuíre

Oficina de artesanato ministrada por um Krenak da T.I. Vanuíre

Oficina de artesanato ministrada por um Krenak da T.I. Vanuíre

Oficina de artesanato ministrada por um Terena da T.I. Vanuíre

Oficina de adorno ministrada por um Kaingang da T.I. Vanuíre

Oficina de artesanato ministrada por um Terena da T.I. Vanuíre

Oficina de artesanato ministrada por um Krenak da T.I. Vanuíre

Oficina de armas ministrada por um Kaingang da T.I. Vanuíre

Saberes e Fazeres Indígena – Edição Especial

Participação de um Kaingang da T.I. Vanuíre

Participação de um Terena da T.I. Vanuíre

Participação de um Krenak da T.I. Vanuíre

Participação de um Kaingang da T.I. Vanuíre

Cultura e Questões Indígenas em Foco – Edição Especial

Vídeo “Demarcação Já”

Vídeo “Quem São Eles” – Série Índios do Brasil

Vídeo “Pajerama”

Vídeo “Nossos Direitos” – Série Índios do Brasil

Informações: (14) 3491-2333

Entrada: gratuita

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*