• portugues
  • espanhol
  • ingles
  • diminuir texto
  • aumentar texto

Programação Junho

Exposição: Ató Jagí Burum Krenak – Tecendo Saberes do Povo Krenak

Exposição autonarrativa Krenak busca mostrar a presença desse povo no Estado de São Paulo. Os Krenak da T.I. Vanuíre desenvolvem, há mais de duas décadas, esse projeto que ocorre de forma construtiva. A cada ano se fortalece e vence as barreiras que os mais velhos da etnia foram obrigados a vivenciar no passado, como o anonimato, a opressão da cultura e de toda a riqueza de conhecimento e saber.

Família no Museu

Aos sábados e domingos, o Museu Histórico e Pedagógico Índia Vanuíre realizará oficinas culturais para as famílias. Neste mês, o grupo que visitar o espaço poderá confeccionar um boneco ecológico – que será feito de meia de nylon, alpiste e material decorativo. Após ser mergulhado em água, o cabelo dele cresce e, com imaginação e criatividade, podem ser criados penteados, moicanos, além de produzidos sucos de clorofila ou até grama para gato.

Museu e Cidadania

O Museu recebe o público com deficiência intelectual para explorar os conteúdos do acervo e das exposições temporárias de forma acessível e lúdica. A ação tem como objetivo a inclusão sociocultural. Nesse encontro será realizada uma roda de conversa sobre a importância da reciclagem. Em seguida, os participantes confeccionarão uma flor utilizando garrafa pet e materiais decorativos.

Saberes e Fazeres Indígenas

Como resposta ao esforço empreendido por comunidades indígenas de todo o país, no que diz respeito à preservação e transmissão de sua memória, o Museu convidará um Kaingang da T.I. Vanuíre para um bate-papo. Ele estará disponível para dialogar com os visitantes sobre como vivem os índios.

Aguçando as Memórias

O Museu Índia Vanuíre deseja que, em 2019, o projeto Aguçando as Memórias continue contribuindo para a inclusão social dos idosos. O objetivo é que os participantes sejam capazes de alcançar sua capacidade, potencialidade e saberes ao reviver bons momentos de suas vidas, passando a enxergá-las de uma maneira positiva e, assim, retomar sua autoestima por meio das memórias e de uma busca afetiva. A atividade será a continuação da música trabalhada no encontro anterior com a apresentação de um coral entre os participantes.

O Olhar é o Sentir pelas Mãos

O projeto “O olhar é o sentir pelas mãos” é uma ação sociocultural conjunta ao Programa Vida Iluminada – Unimed, que tem a intenção de promover a inclusão dos deficientes visuais para que eles se tornem frequentadores do Museu Histórico e Pedagógico Índia Vanuíre. Será realizada uma palestra com um descendente português que abordará a cultura lusitana. Na sequência terá uma oficina de culinária portuguesa com a degustação da punheta, um alimento tradicional da colônia portuguesa.

Cultura e Questões Indígenas em Foco

Para que novas gerações reconheçam a contribuição dos diversos grupos para a formação do país será apresentado um documentário no auditório da instituição, seguido por uma roda de conversa com os participantes. O vídeo escolhido para exibição é o “Outra História”, da série “Índios no Brasil”. A história do Brasil que conhecemos é contada, na maioria das vezes, de acordo com a visão dos povos estrangeiros que chegaram às novas terras. Nesse episódio, além da opinião de estudantes de diversas cidades do país sobre o assunto, índios das etnias Yanomami (RR), Kaxinawá (AC) e Pankararu (PE) falarão um pouco sobre o outro ponto de vista da narrativa de chegada dos portugueses ao Brasil.

Informações: (14) 3491-2333

Entrada: gratuita

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*