• portugues
  • espanhol
  • ingles
  • diminuir texto
  • aumentar texto

Programação Março 2020

Exposição Ató Jagí Burum Krenak – Tecendo Saberes do Povo Krenak (SUSPENSO TEMPORARIAMENTE)

Exposição autonarrativa Krenak busca mostrar a presença desse povo no estado de São Paulo. Os Krenak da T.I. Vanuíre desenvolvem, há mais de duas décadas, um trabalho de revitalização da cultura, dos costumes e da língua materna. Esse trabalho ocorre de forma construtiva e a cada ano se fortalece e vence as barreiras que os mais velhos da etnia foram obrigados vivenciar no passado, como o anonimato e opressão de sua cultura e toda sua riqueza de conhecimento e saber. Algo que enriquece e enaltece a muitos, mas que, por falta de conhecimento dos não indígenas, acaba sendo resultado de julgamento e de várias formas e pré-conceitos.

AÇÕES

Capacitação para Professores (SUSPENSO TEMPORARIAMENTE)

Compreendendo que os docentes são multiplicadores de conhecimento, o Museu realizará encontros com eles para apresentar atividades educativas e proporcionar uma maior aproximação do Museu com os professores, criando um ambiente favorável para a troca de ideias, experiências e novas propostas de ações museológicas que possam ser agregadas à grade curricular, tendo como objetivo utilizar o patrimônio cultural como um suporte essencial ao processo educativo e ao desenvolvimento social, além de contribuir para a construção do conhecimento na área museológica.

Família no Museu (SUSPENSO TEMPORARIAMENTE)

Aos sábados e domingos, o Museu Histórico e Pedagógico Índia Vanuíre realizará oficinas culturais para as famílias. A programação desenvolverá atividades lúdicas e reflexivas com os participantes, como forma de integrar o público ao Museu. A ação deste mês será relacionada ao Dia Mundial da Água, comemorado em 22 de março, com a produção de um chaveiro em formato de gota que será feito com papel dobradura.

Cine Museu: “Á ESPERA” Direito das Mulheres e Direitos da Criança e Adolescente (SUSPENSO TEMPORARIAMENTE)

A Academia Tupãense de Letras Ciências e Artes (ATLECA) realizará um encontro entre membros da academia para assistirem ao filme “A Espera”, que tem como temáticas Direito das Mulheres e Direito da Criança e do Adolescente. Os Objetivos são discutir, refletir e contribuir para a formação de uma nova mentalidade coletiva para o exercício da solidariedade, do respeito às diversidades e da tolerância. O filme faz parte do Circuito Difusão da 12ª Mostra Cinema e Direitos Humanos.

Museu e Cidadania (SUSPENSO TEMPORARIAMENTE)

O Museu recebe o público deficiente para explorar os conteúdos do acervo e das exposições temporárias de forma acessível e lúdica. A ação tem como objetivo a inclusão sociocultural. A atividade deste mês será relacionada ao Dia Mundial da Água, comemorado em 22 de março, com a confecção de dedoches, em formato de gota, utilizando E.V.A, olhinhos decorativos e canetas hidrográficas.

Aguçando as Memórias (Suspenso temporariamente)

O Museu Índia Vanuíre deseja que em 2020, o projeto Aguçando as Memórias continue contribuindo com a inclusão social e cultural do idoso, sendo esse capaz de alcançar sua capacidade, potencialidade e saberes, revivendo bons momentos de suas vidas, passando a enxergá-la de uma maneira tolerante e positiva, trazendo de volta sua autoestima por meio das memórias e de uma busca afetiva das lembranças. A atividade será uma palestra com um artesão sobre sustentabilidade.

O Olhar é o Sentir pelas Mãos (Suspenso temporariamente)

O projeto “O olhar é o Sentir pelas mãos” é uma ação conjunta sociocultural junto ao Programa Vida Iluminada – UNIMED com a intenção de promover a inclusão dos deficientes visuais para que esses se tornem frequentadores do Museu Histórico e Pedagógico Índia Vanuíre de Tupã.  Além de promover a convivência da equipe do local com o público cego, despertando nos envolvidos momentos de aprendizado, reflexões para a vida no cotidiano. A atividade será a estruturação do projeto com as perspectivas para o ano de 2020.

SONHAR O MUNDO

Dia Internacional da Mulher

Saberes e Fazeres Indígenas (SUSPENSO TEMPORARIAMENTE)

As mulheres indígenas desempenham historicamente um papel fundamental como agentes de mudança nas famílias, comunidades e na vida de seus povos. Sendo assim, o Museu convida a Kaingang Susilene Melo e a Krenak Ingrid Damaceno, ambas moradoras da T.I. Vanuíre, para um diálogo sobre as diversas formas de ser mulher indígena no Brasil, falando de suas realidades e desafios nos dias de hoje.

Cultura e Questões Indígenas em Foco (SUSPENSO TEMPORARIAMENTE)

Para que novas gerações reconheçam a contribuição dos diversos grupos para a formação do país será exibido um documentário no auditório da instituição, seguido por uma roda de conversa com os participantes. O vídeo escolhido para março é o documentário “Mulheres Indígenas: Vozes por Direitos e Justiça”, lançado pela ONU Brasil em 2018, em Brasília (DF). O vídeo recupera alguns momentos do diálogo entre mulheres indígenas e as Nações Unidas em torno de sua articulação pelos direitos humanos e em defesa de seus povos e territórios.

Informações: (14) 3491-2333

Entrada: gratuita

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*