governo sao paulo
  • portugues
  • espanhol
  • ingles
  • diminuir texto
  • aumentar texto

Programação Setembro

Família no Museu

Aos sábados e domingos, o Museu Índia Vanuíre realiza oficinas culturais para famílias. A programação desenvolve atividades lúdicas e reflexivas com os participantes, como forma de uma maior integração a família e o Museu. Para discutir com os visitantes a sustentabilidade, neste mês, será confeccionado um vasinho de flor com garrafa PET e recortes em EVA.

Museu e Cidadania

O Museu Índia Vanuíre recebe os moradores das Residências Terapêuticas de Tupã dá para explorar os conteúdos do acervo e das exposições temporárias de forma acessível e lúdica. A ação tem como objetivo a inclusão sociocultural. A atividade será sobre a sustentabilidade e, como forma de incentivar a reciclagem, será utilizado material reutilizável. Considerando o início da primavera, será confeccionado um vasinho de flores coloridas com garrafa PET e recortes em EVA.

Oficina de Chapéu e Espada de Papel

Para discutir o tema Independência do Brasil, será oferecida uma oficina de confecção de chapéu e espada de soldado em papel. O objetivo da atividade é despertar no público o sentimento de amor à pátria.

Saberes e Fazeres Indígenas

A programação Saberes e Fazeres Indígenas é uma resposta ao esforço empreendido por comunidades indígenas de todo o país no que diz respeito à preservação e transmissão de sua memória, estendendo para além de 19 de abril a celebração do Dia do Índio. O convidado do mês é o indígena Márcio Lipú, Terena da T.I. Vanuíre, para apresentar ao público como é vivida a sua cultura.

Aguçando as Memórias

O projeto Aguçando as Memórias contribui com a inclusão social e cultural do idoso, proporcionando que ele tenha recursos para alcançar sua capacidade e potencialidade, valorizando seus saberes e revivendo bons momentos de suas vidas, buscando enxergar a vida de uma maneira tolerante e positiva, trazendo de volta sua autoestima, através das memórias e da busca afetiva das lembranças. No primeiro encontro, os integrantes darão início a bordados, momento em que cada um trabalhará na juta suas lembranças, como brincadeiras, lugares de passeio, objetos, momentos, comidas, personalidades famosas ou algo que represente sua juventude. No segundo encontro, os integrantes participarão de uma roda de conversa, que possibilitará a produção de informações, depoimentos e relatos de vida, propiciando ao grupo a troca de experiências e confraternização, despertando em cada integrante suas memórias.

Setembro Azul

Neste mês é celebrada a campanha Setembro Azul, que comemora as conquistas da comunidade surda. O Museu Índia Vanuíre, instituição que se preocupa com a acessibilidade, recebe dois surdos para interagir com o público do Museu, em uma oportunidade de contato e aprendizado para os ouvintes e de sensibilização para ações de acessibilidade.

Roda de Conversa

Roda de conversa entre os alunos do 2º ano do Ensino Médio do Colégio Alta Paulista de Tupã e funcionários do Museu tendo como tema a importância do Museu Índia Vanuíre para a preservação do patrimônio e a relação deste com as diversas ciências.

 O Olhar é o Sentir Pelas Mãos

O projeto O Olhar é o Sentir Pelas Mãos é uma ação sociocultural com Programa Vida Iluminada – Unimed, com a intenção de promover a inclusão dos deficientes visuais para que eles se tornem frequentadores do Museu Índia Vanuíre de Tupã. A programação também promove a convivência da equipe com o público cego, despertando nos envolvidos momentos de aprendizado e reflexões. Para abordar a questão da sustentabilidade, usando materiais recicláveis nos projetos, será iniciada a confecção de fantoche feito com jornal.

Cultura e Questões Indígenas em Foco

Para que novas gerações reconheçam a contribuição dos diversos grupos para a formação do país, será exibido um documentário no auditório da instituição, seguido por uma roda de conversa com os participantes. O vídeo selecionado para exibição é “Quem São Eles?”, da série Índios do Brasil. No episódio, pessoas de diferentes faixas etárias e das mais diferentes localidades do Brasil apresentam estereótipos e ideias pré-concebidas sobre as comunidades indígenas.

EXPOSIÇÕES

 Ató Jagí Burum Krenak – Tecendo Saberes do Povo Krenak

Exposição autonarrativa Krenak busca mostrar a presença desse povo no Estado de São Paulo. O povo Krenak da T.I. Vanuíre desenvolve a mais de duas décadas um trabalho de revitalização de sua cultura, costume e língua materna, este trabalho ocorre de forma construtiva e a cada ano se fortalece e vence as barreiras que os mais velhos da etnia foram obrigados a viver, vivência de anonimato e opressão de sua cultura e toda sua riqueza de conhecimento e saber. Algo que enriquece e enaltece a muitos, mas que, por falta de conhecimento dos não indígenas, acaba sendo resultado de julgamento e de várias formas e pré-conceitos.

Da Terra do Sol Nascente Para o Brasil: 110 Anos da Imigração Japonesa no Brasil

Em comemoração aos 110 anos da Imigração Japonesa, será aberta ao público a exposição Da Terra do Sol Nascente Para o Brasil: 110 anos da Imigração Japonesa no Brasil, uma exposição composta por peças japonesas pertencentes ao acervo do Consulado Geral do Japão – São Paulo. São objetos fundamentais para promover o conhecimento dessa cultura oriental, além de despertar a memória e emoção da comunidade nipônica, presente em Tupã e região.

 12ª PRIMAVERA DOS MUSEUS

De 17 a 23/09/2018

 A Primavera dos Museus é uma temporada cultural em que museus de todo o país, convidados pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram/ Ministério da Cultura), elaboram uma programação especial para o período, em torno de uma mesma temática. A 12ª edição da ação será realizada de 17 a 23 de setembro de 2018 e terá como tema “Celebrando a Educação em Museus”. O Museu Índia Vanuíre participará da ação com oficinas, vídeos e rodas de conversa sobre aspectos que norteiam o tema.

Educação em Museus – Apresentação da Exposição Ató Jagí Burum Krenak – Tecendo Saberes do Povo Krenak

A exposição autonarrativa será apresentada pelo seu curador aos alunos da Escola Estadual Indígena Índia Vanuíre com o objetivo de transmitir conhecimento da cultura Krenak para as novas gerações.

Educação em Museus – Apresentação da Exposição Ató Jagí Burum Krenak – Tecendo Saberes do Povo Krenak

A exposição autonarrativa será apresentada pelo seu curador aos visitantes com o objetivo de difundir e promover a cultura Krenak, presente no Estado de São Paulo desde a década de 40.

Roda de Conversa com Indígena

Exibição do vídeo “100 anos da T.I. Vanuíre”, seguida por roda de conversa entre indígena e estudantes do ensino médio, com o objetivo de discutir a importância da herança cultural para a convivência, sobrevivência e individualidade.

Visita Técnica para Professores

Será promovido um encontro entre professores da rede pública de ensino e a equipe do Museu Índia Vanuíre, com o objetivo de proporcionar uma visão extraclasse sobre a temática indígena e história local.

Visita Educativa

Visita mediada para as crianças participantes do Projeto Atiradores Mirins, desenvolvido pelo Tiro de Guerra de Tupã. A ação será seguida de jogos educativos com o objetivo de, através da dinâmica, transmitir conhecimentos culturais.

 

 

Local: Museu H. P. Índia Vanuíre (Rua Coroados, 521 – Tupã/SP)

Informações: (14) 3491-2333

Entrada: gratuita

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*